segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

MP apura o caso dos remédios vencidos de Apodi encontrados na zona rural de Severiano Melo

(Reprodução / Redes sociais)
 
Por Josemário Alves / Mossoró Hoje
 
O Ministério Público da Comarca de Apodi vai investigar o descarte irregular de centenas de caixas de remédios encontrados em uma comunidade rural de Severiano Melo, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Os medicamentos foram localizados nesta terça-feira (05) por moradores da região às margens de uma estrada carroçável.

As cartelas e caixas de medicamentos descartadas estão vencidas e possuem o selo do Ministério da Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde de Apodi, município vizinho à Severiano Melo. Foram encontradas caixas de Benzoilmetronidazol, usado no tratamento de giardíase e amebíase infantil, de Alendronato de sódio, para tratamento de osteoporose, entre outras.

A coordenadora da Vigilância Sanitária de Severiano Melo, Ceiça Freitas, relatou ao MOSSORÓ HOJE que já protocolou uma denúncia na sede do MPRN de Apodi para apurar o descarte irregular dos medicamentos. Ela contou que não sabe como os medicamentos foram parar ali.

O secretário Municipal de Apodi, Pedro Júnior, disse que também não sabe quem poderia ter jogado os remédios vencidos e que a notícia o pegou de surpresa.

“Eu fiquei surpreso com esta notícia. A gente tem uma empresa contratada que faz esse descarte em um local adequado. Não há necessidade de ninguém da secretaria fazer isso”, explicou o secretário.

Pedro Júnior afirmou que vai abrir um processo administrativo para apurar quem descartou os medicamentos irregularmente.

“Já acionei a equipe de transição do prefeito eleito e estamos indo lá averiguar. Se confirmado que foi alguém da minha secretaria, vou abrir um processo administrativo para apurar quem foi. Repito, todo estoque de remédios vencidos fica no Centro de Saúde e é descartado por uma empresa contratada”, concluiu.

Procurada pela reportagem, a assessora jurídica do promotor Frederico Augusto Pires Zelaya, Marina Paiva, não confirmou que recebeu a denúncia. Disse que estava retornando de férias nesta segunda (05) e que não estava sabendo do fato.

A Delegacia de Polícia Civil de Apodi também não recebeu denúncias.
 
 

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Doze apodienses são aprovados no concurso da Polícia Militar no Ceará

(Foto: Josemário Alves)

Divulgado o resultado do concurso da Polícia Militar do Ceará, pelo menos doze apodienses obtiveram êxito em ingressar na carreira militar. Os nomes dos aprovados foram divulgados nesta quinta-feira (01) no Diário Oficial do Estado (DOE).

Confira os 12 apodienses que o Blog do Josemário.com teve acesso:

  1. Ítalo Caio De Menezes Melo;
  2. Deryck Villeneuve Câmara Noronha;
  3. Gildasio Moreira de Oliveira;
  4. Antônio Sávio Gurgel Gomes;
  5. Jailson da Costa Rodrigues;
  6. Iago Vinicius Morais de Oliveira;
  7. Luiz Jailton Monteiro Cardoso;
  8. Everton Hugo Aquino de Medeiros;
  9. Neuremberg de Sousa Maia Sousa;
  10. Maurício Natanael Soares Gomes,
  11. Ivanilson Pinto Cristino; e
  12. Adriano do Nascimento Fernandes.

Com a divulgação do resultado, as próximas fases do concurso serão: exames médico-odontológico, biométrico e toxicológico, de caráter eliminatório e curso de formação profissional, de caráter classificatório e eliminatório.

O concurso prevê a convocação de 4,2 mil aprovados, sendo 3.990 homens e 210 mulheres, até o final de 2018.

Os primeiros 1,4 mil devem ser convocados para a próxima fase até o final de dezembro.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Por recomendação do Ministério Público, show de Fagner em Apodi é cancelado

(Foto: Reprodução)
Do Mossoró Hoje

Atendendo recomendação do Ministério Público, o prefeito de Apodi, Flaviano Monteiro (PCdoB), anunciou o cancelamento do show do cantor Fagner. O artista se apresentaria no próximo dia 6 de dezembro, nas comemorações pelo aniversário de 250 anos da Paróquia da cidade, oportunidade em que também seria inaugurada a Praça Dom José Freire.

“Acabei de receber uma notificação do MP/RN recomendando o cancelamento do show do cantor e compositor Raimundo Fagner. Em virtude desse fato comunico aos apodienses que atenderemos a recomendação do Ministério Público Estadual, através do Promotor Dr Victor Hugo de Freitas Leite. Entrarei em contato com a produção do cantor Fagner para cancelar a festa. Apesar de estamos com as contas públicas equilibradas, é muito prudente os argumentos do Ministério público”, postou Flaviano Monteiro em suas redes sociais.

A recomendação do MP justifica que, em virtude da estiagem prolongada e da situação de emergência decretada pelo Governo do Estado em 153 municípios, incluindo Apodi, a contratação de artistas, bandas, serviços de buffet, entre outras despesas, viola o princípio da Moralidade Administrativa.

“As adversidades sofridas pelo homem do campo e o consequente Estado de Emergência são incompatíveis com a contratação de bandas ou a realização de festas por iniciativa do Poder Público Municipal”, adverte o promotor Victor Hugo, que assina a recomendação.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Apodi receberá sinal 3G da TIM até o final do ano, anuncia operadora

(Foto: Josemário Alves)
 
O município de Apodi será um dos próximos a receber cobertura 3G da TIM no Rio Grande do Norte. A novidade foi anunciada pela própria empresa de telefonia móvel e deve ser concretizada até o final deste ano.
 
Segundo a operadora, serão 26 cidades de todo o Estado que alcançarão o sinal 3G. A ampliação faz parte do plano de investimentos da companhia para expansão da tecnologia.
 
Confira lista de municípios:

Alexandria, Angicos, Apodi, Areia Branca, Baía Formosa, Canguaretama, Caraúbas, Goianinha, Grossos, Guamaré, Ipanguaçu, Itaú, Macau, Martins, Maxaranguape, Monte Alegre, Tibau, Nísia Floresta, Nova Cruz, Rio do Fogo, Santa Cruz, São José do Campestre, São  Miguel do Gostoso, São Paulo do Potengi, Taipu e Touros.


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Traficante procurado pela polícia foge de cerco na zona rural de Apodi

(Foto: Polícia Civil / Arquivo)
 
O traficante Francisco Fabiano da Silva, de 28 anos, conseguiu escapar de um cerco policial montado para prendê-lo, na manhã desta segunda-feira (28), na zona rural de Apodi.
 
Ele estava sendo procurado desde que fugiu da Penitenciária Agrícola Mário Negócio, em Mossoró.

Segundo a polícia, “Apodi”, como é mais conhecido, estava escondido na casa de familiares na comunidade de São Dimas. Durante a operação, ele teria percebido e escapou, frustrando a ação da Polícia Civil em conjunto com o GTO.

Francisco Fabiano responde a vários processos, é condenado por tráfico de drogas em Mossoró e já fugiu diversas vezes. A última vez em que foi preso foi no início do ano. Na época, ele foi detido com drogas, arma e um rádio comunicador.

Apesar de estar foragido, no site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte consta que ele está preso. 
 
 

Polícia fecha arena de briga de galo e prende 19 na zona rural de Apodi

(Foto: Polícia Militar / Divulgação)
 
Uma operação da Companhia Independente de Polícia Ambiental (CIPAM), em conjunto com a ROCAM de Mossoró e o GTO de Apodi, fecharam uma arena de rinha de galo na zona rural de Apodi e prenderam 19 pessoas em flagrante.

Vários frequentadores do local conseguiram fugir antes do cerco policial ser fechado.

A polícia ficou sabendo através de uma denúncia anônima na sexta-feira passada (25). Diante das informações, foi montado um forte aparato para prender os responsáveis e coibir a prática, que constitui crime ambiental.

Segundo informou o tenente Abrantes, comandante da operação, foi preso o proprietário do estabelecimento e outras 18 pessoas criadoras de galos de briga. Além disso, foram apreendidas 63 aves e diversos materiais utilizados na rinha, como bicos de aço, esporas, hormônios, seringas e tesouras.

Abrantes destacou que não houve disparos de arma de fogo no local, conforme está sendo divulgado por alguns blogs.

Todos os presos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados pelo crime.

sábado, 26 de novembro de 2016

Potiguar procurado por tráfico em São Paulo é preso em Apodi

(Foto: Cedida pela PM / Blog do Josemário)

O foragido da Justiça Severino Ferreira dos Santos, de 44 anos, foi preso na manhã deste sábado (26) no bairro Bacural II, na zona periférica de Apodi. Ele era procurado por tráfico de drogas no estado de São Paulo e respondia um processo por porte ilegal de arma de fogo no Rio Grande do Norte.

A prisão foi realizada pelo sargento PM Ivanildo Alves, os soldados Túlio Marinho e Marcos Gil.

Segundo informou o soldado Túlio ao Blog do Josemário.com, o foragido foi capturado após uma denúncia anônima. Ele estava residindo na cidade há cerca de uma semana, mas não revelou o motivo de estar em Apodi.

“Ninguém sabe direito o que ele estava fazendo aqui em Apodi”, afirmou Túlio Marinho.
 
Severino Ferreira foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil da cidade e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), onde aguardará transferência para uma unidade prisional de São Paulo.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Apodi tem o segundo menor índice de infestação do mosquito da dengue

(Foto: Josemário Alves / MH)

Levantamento realizado pelo Ministério da Saúde apontou que o município de Apodi, no Oeste do Rio Grande do Norte, tem o segundo menor índice de infestação predial do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (24), pelo Portal da Saúde.

De acordo com o levantamento, Apodi obteve índice de 0,3, o segundo menor do Rio Grande do Norte. O menor de todos foi o município de Arês, com índice zero.

Já o município com o maior índice de infestação predial registrado foi Cruzeta, com 14,7, estando na situação de risco.


segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Projeto criado por professora incentiva a leitura nas praças de Apodi

O "Entrelinhas e Pipas" incentiva a leitura nas praças públicas de Apodi.
Foto: Ari Oliveira / Da Redação



"Quem vive num labirinto, tem fome de caminhos". Mia Couto nos disse. E nós compreendemos que não escapando do labirinto, nos restam os caminhos, vários. Podemos seguir e podemos criar caminhos." É o que conta a professora Patrícia Lorena Raposo, uma das idealizadoras do projeto "Entrelinhas e Pipas".

O projeto busca tornar as praças
em espaços de convivência. A ideia surge quando duas mães leitoras de filho também leitores se reúnem para trocar experiências literárias. 

No último domingo (20), Dia da Consciência Negra, o grupo se reuniu na Praça da Redenção, próximo a Maternidade Claudina Pinto. A partir das 8hs iniciou-se com contações de histórias afro-brasileiras, árvores de livros, varal poético, roda de leitura, piquenique, capoeira e encerrando às 10h30 com roda de conversa. Esta foi a segunda praça abraçada pelo projeto.

Foto: Ari Oliveira

Foto: Ari Oliveira
Foto: Ari Oliveira
Foto: Ari Oliveira

De acordo com a professora Patrícia, o projeto se encontra a cada uma vez por mês em alguma praça da cidade. 

"Queremos reunir as famílias em torno de atividades lúdicas e prazerosas, como a leitura, a contação de histórias, as brincadeiras de roda. O objetivo é estender a nossa alma até que ela abrace o outro. E se reconheça nele. Vamos dar a volta na cidade, rodear as praças e resgatá-la como espaço de expressão e convivência", conta Patrícia.

No dia 10 de Dezembro, o "Entrelinhas e Pipas" estará na Praça da Bíblia. Desta vez com a proposta de arrecadar livros para as crianças do bairro Caic.

"Esse é mais um desafio, mas já estamos em campanha para arrecadação de livros. Doando um livro, você doa junto: Esperança, caminho, oportunidade, fantasia, imaginação. O “Era uma vez” podem ser duas, três ou mais. Depende de você", finaliza a professora na foto, à esquerda.

Conheça mais e acompanhe ou contribua com o projeto através da página no Facebook: https://www.facebook.com/Entrelinhas-e-Pipas-269506873431608/?fref=ts

Prefeito eleito em Apodi aguarda decreto municipal para iniciar transição

(Foto: Assessoria de Comunicação)

Passados 50 dias das eleições municipais, o prefeito eleito, Alan Silveira (PMDB), aguarda o decreto municipal para início dos trabalhos da transição administrativa na Prefeitura de Apodi. As equipes já deveriam estar trabalhando, mas por motivo desconhecido e de responsabilidade da atual gestão, se quer se reuniram ainda.

Os nomes para compor a comissão de transição de Alan foram entregues ainda em outubro, com o objetivo de agilizar o levantamento de informações, como prevê o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN). Entretanto, os trabalhos esbarraram no atual prefeito municipal.

“Já estamos prontos para começar a trabalhar. O que está faltando agora é que o prefeito Flaviano Monteiro efetive os trabalhos. Até lá, a transição não acontece”, destacou o vereador Júnior Souza, coordenador da comissão.

Devido à demora, Alan Silveira entrou com um mandado de segurança contra o atual prefeito, para que ele agilize o início dos trabalhos. A Justiça deferiu e ainda aplicou uma multa pessoal no valor de R$ 1.000 ao prefeito Flaviano, caso a liminar seja descumprida no prazo de dez dias. O tempo determinado acaba no próximo dia 27.

“Infelizmente, essa foi a única forma de chamar a sua atenção. Já entregamos diversos ofícios pedindo que a equipe comece os trabalhos. Esperamos que com essa decisão judicial, a transição finalmente possa acontecer”, afirmou Alan Silveira.

A comissão de transição do atual prefeito foi instituída e publicada no Diário Oficial no dia 09 de novembro. Ela é composta pela chefe de gabinete, Klébia Karina; secretária de Finanças, Afilza Freire; secretário de Administração, Marcos Campos; controlador Geral, Igno Araújo; e pelo assessor jurídico, João Paulo Filgueira.

Já a equipe do prefeito eleito é formada pelo vereador Júnior Souza; farmacêutico-bioquímico, Genilson Gurgel; contadora Marlice Lopes; agricultor, Eron da Costa; e pelo professor, Elmo Alves.


Vereador eleito em Apodi tem registro de candidatura indeferido pelo TSE

(Foto: Josemário Alves)
 
A composição da Câmara Municipal de Apodi para a próxima legislatura sofre nova alteração. Dessa vez, o vereador reeleito Júnior Souza (PMDB) teve o seu registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em decisão monocrática, o ministro Herman Benjamin acatou o recurso apresentado pela coligação “Para Apodi continuar avançando”. No documento, foi apontado que o vereador teve suas contas reprovadas por irregularidades insanáveis pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), estando assim inelegível.

O registro de candidatura de Júnior Souza havia sido indeferido em primeira instância, mas o processo foi revertido no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Com a decisão do ministro Herman Benjamin, restará ao vereador recorrer apenas ao plenário do TSE.

Com o indeferimento, quem assume a vaga de Júnior Souza é o vereador eleito Elson Marinho (PRP), estreante na Câmara Municipal de Apodi.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Festa das crianças em Apodi acontecerá com dois meses de atraso

(Foto: Divulgação / Prefeitura)
 
Após muitas especulações sobre a festa das crianças em Apodi, a prefeitura divulgou nesta quarta-feira (16) quando será realizado a quarta edição do evento. O festival acontecerá no dia 11 de dezembro, dois meses após a data em que se comemora o Dia das Crianças.

Denominado de “Criança é Festa”, o evento é organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social no Calçadão da Lagoa.

A primeira edição aconteceu no dia 13 de outubro de 2013. A segunda no dia 13 de outubro de 2014. A terceira foi no dia 18 de outubro de 2015 e a quarta será em dezembro.

A prefeitura não divulgou o motivo do atraso.