sábado, 27 de abril de 2013

DNIT-RN anuncia investimento de R$ 480 milhões na BR-406

O Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Estado (DNIT-RN), Ezio Gonçalves dos Reis, anunciou que a BR-406 será duplicada em um trecho de 110 km. O encaminhamento da abertura de um estudo de viabilidade técnica para a duplicação já foi enviado ao órgão.

O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (26), no auditório do IFRN, durante o primeiro Seminário Preparatório de Mobilização do Projeto Rota dos Ventos. 

O evento ocorreu em João Câmara, reuniu representantes do Governo do Estado, DNIT/RN, SEBRAE/RN, IBGE, INCRA, UFRN, PETROBRAS e CT-Gas/ER, UNP, empresas atuantes, prefeitos, vereadores e moradores da região.

A obra foi orçada em R$ 480 milhões e o estudo de viabilidade em R$ 820 mil. O projeto, inédito, tem por objetivo mapear, discutir, conceber e implementar práticas de desenvolvimento sustentável e integração econômico-social na região servida pela rodovia federal BR-406.

A estrada, que corta principalmente a região do Mato Grande (RN), também é via de acesso a instalações petrolíferas, pólos pesqueiros, áreas de salina e mineração e parques eólicos.

Outro anúncio feito durante a reunião do Projeto Rota dos Ventos foi a ampliação e construção de um novo anel viário no Gancho do Igapó, localizado na Zona Norte da capital, e que marca o início da rodovia BR-406.

A Deputada Federal Fátima Bezerra (PT), que também é parceira inicial do projeto Rota dos Ventos, anunciou que a região do Mato Grande será contemplada com uma agência do Banco do Nordeste. A implantação está prevista para outubro de 2013.

Informações e Foto: De Fato
type='text/javascript'/>