terça-feira, 11 de junho de 2013

[Plantão] - Últimos detalhes sobre o caso Porcino


O sequestro de Fabinho Porcino, filho de um dos maiores empresários de Mossoró, é o principal foco da mídia do Rio Grande do Norte e até estados vizinhos.

O fato é que não é de hoje que a família Porcino enfrenta esse drama. No ano passado, um primo da vítima atual, Popó Porcino, foi sequestrado e mantido em cárcere privado por mais de 30 dias.

Há indícios, não confirmado, de que o sequestro de Popó seria para Fabinho, entretanto, ouve um erro de comunicação entre a quadrilha que fez com raptassem a pessoa errada.

Fabinho Porcino foi raptado nesta segunda-feira (10) por homens que invadiram a loja de carros da família e ordenaram que a vítima saísse do local e os acompanhassem. Os elementos utilizavam armas de grosso calibre e coletes a prova de bala semelhante aos usados pela Polícia Federal.

O rapaz ainda resistiu, mas segundo informações de populares, foi brutalmente jogado em um dos carros usados pela quadrilha.

Para a resolução do caso, foram designados as Polícias Militar, Civil e Federal, que estão trabalhando incansavelmente, no intuito de encontrar e libertar o jovem sequestrado.

Pelo menos quatros helicópteros foram postos a disposição das forças policiais. Dois das aeronaves são da polícia, os outros dois foram doados pelas empresas CLC Construtora e pelo Grupo Líder, que se solidarizaram com a família.

Qualquer outra informação você ler aqui no Portal SOS Notícias do RN.

Josemário Alves - Da Redação SOS Notícias do RN
type='text/javascript'/>