segunda-feira, 8 de julho de 2013

Campanha pela UERN em Apodi ganha força nas redes sociais


Com a falta de recursos para a construção de um campus da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) em Apodi, vários apodienses se mobilizaram pela rede social Facebook, reivindicando a construção do mesmo.

Diversos internautas aderiram as reivindicações, e a tendência é que aumente, com as diversas funções do mecanismo do Facebook, usuários criaram um grupo denominado "UERN EM APODI". 

A criação de grupos pelo Facebook tem sido um meio bastante inovador para que os usuários possam expor seus pensamentos,  externarem suas opiniões, e inclusive, apresentar sugestões, como a mobilização de um movimento pacífico de protesto em frente à UERN.

Imagens são utilizadas como uma espécie de protesto virtual, algumas ironizando a politicagem potiguar, outras satirizando personagens famosos e seus bordões.

 Dentre as várias sugestões apresentadas pelos internautas através das redes sociais, estão:

- Participação das mídias: rádios, jornais, blogs e até mesmo TV;
- Envolvimento de toda a classe universitária (professores, funcionários, alunos, etc.);
- Agregar a sociedade civil e organizações (Sindicatos, Assoc. de Classe, Igrejas, etc.);
- Montar uma estratégia de divulgação (adesivos, banners, faixas, spots);
- Fazer corpo-a-corpo nas cidades que serão beneficiadas e na própria UERN (panfletagem, carro-de-som, etc..)
- Mobilizar para que a classe política "baixem as bandeiras" e se unam nesta causa;
- Deixar a vaidade de lado e colocar a humildade acima de tudo, assumindo os erros de todas as vertentes e juntos procurarem as soluções.  E nesse sentido pelo menos propor uma trégua política;
- Criação de camisetas que estampem o desejo da região e chamar a atenção para esta causa.
- Mobilizar um movimento em frente à UERN;
- Sugestões de datas para reunião in-loco.
Dentre outras...

Eis algumas imagens:




Samuel Williams - Da Redação/Apodi
type='text/javascript'/>