quarta-feira, 31 de julho de 2013

Martinenses sairão ás ruas em protesto em pleno Festival Gastronômico



A cidade serrana do oeste potiguar será a próxima a ver sua população sair ás ruas por insatisfação com a gestão municipal. O motivo que serviu como “gota d’água” foi a não autorização por parte da prefeitura, do emplacamento de um veículo alternativo de passageiros, tipo “van”, que faz a linha Martins-Mossoró.

A equipe do Portal SOS Notícias do RN conversou com o empresário conhecido como “Marcos da Besta”, onde o mesmo relatou que comprou o novo carro e há 90 dias aguarda autorização da prefeitura para poder emplacá-lo e trabalhar, o que se entendeu por parte da população é que se trata de “perseguição política” já que durante o pleito eleitoral passado o empresário era adversário da atual prefeita, Olga Fernandes (Dem).

Marcos ainda ressaltou que a sua empresa está regularizada, possui registro e CNPJ, mesmo assim, a gestora municipal não quer ceder a autorização. O empresário já conversou com um advogado onde deverá entrar na justiça nos próximos dias, buscando a solução do impasse.

O “Detalhe” da manifestação programada para este sábado (03) é que se realizará durante um grande evento, o “Festival Gastronômico” (de 02 a 04/08), considerado um importante símbolo do calendário cultural e turístico do Rio Grande do Norte. O Festival leva grande quantidade de turistas a cidade serrana, tendo presença de grandes nomes da política estadual e dos principais veículos de imprensa do estado. 

Além do caso da van, manifestação terá outras reivindicações, são elas: A inauguração do hospital público construído há vários anos, transparência com os gastos públicos e a não perseguição política aos que necessitam da prestação de algum serviço pelo poder público municipal.

Segundo Marcos, a movimentação nas ruas já conta com um número expressivo de adeptos, cerca de 50 veículos já confirmaram sua participação. Ele espera que durante a manifestação mais pessoas se sensibilizem com o caso e apoiem indo também às ruas.


Por José Fernandes
Foto: Redes Sociais

12 comentários:

  1. Muito bem. está na hora de acabar com essa ditadura de Martins. Tem que saber do concurso que foi fraudado pela ex-prefeita, mas, a atual era vice.

    Edson Lima

    ResponderExcluir
  2. Se me lembro bem, a atual oposição do município teve quase 4 anos para abrir esse hospital, a atual gestão tem 7 meses de governo, e já fez muito mais do que a oposição, façam um comparativo simples.. olhe o que o DEM já fez pelo município nos últimos 4 anos e 7 meses, e olhe o que a oposição fez nos 3 anos e 9 meses deles, não precisa comparar durante todo o tempo, peguem apenas os de cada partido.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. É TRISTE VOCÊ DEPENDER DE AUTORIZAÇÕES NESTA CIDADE, AUTORIZAÇÃO PARA EXAMES,PARA CONSULTAS, PARA ATÉ MESMO UTILIZAR AMBULÃNCIA PARA UM TRATAMENTO MÉDICO EM OUTRA CIDADE, AGORA MAIS AUTORIZAÇÃO PARA TRABALHAR.ENTÃO MARCOS VAI TER DE TRABALHAR COMO UM DESONESTO POR QUE A PREFEITURA NEGA A AUTORIZAÇÃO, QUEM VAI ARCAR COM AS MULTAS, COM AS PRESTAÇÕES,POR ACASO SERÁ A PREFEITURA.ESSE BRASIL PRECISA DE MUDANÇA,MARTINS TAMBÉM PRECISA DE MUDANÇAS E NÃO DE FESTAS.

    ResponderExcluir
  5. para ver a transparencia procure ver no site.

    ResponderExcluir
  6. essas pessoas que tão defendendo essa admistração ou e doido ou e babão vcs não querem enchergar a verdade que esses fernandes so querem o dinheiro da nossa querida cidade porque dinheiro e o que eles mais gosta essa atual prefeita ta envolvida no escandalo dos funcionario secreto da camara de deputado estadual o ministerio pulblico ta envestigando.

    ResponderExcluir
  7. junior de alice eu votei em vc porque eu acredito em vc pelo amor de deus vc não ta vendo o que ta acontecendo em martins o nepotismo ta correndo souto vc não vai denuciar ate a filha do presidente da camara trabalha na prefeitura de martins quer dizer recebe e pedrinho professor ele não pode ser secretario ele tem que entregar por causa da carga oraria e ainda mais a prefeita paga lindomar para daraula nolugar dele no estado so em martins mesmo

    ResponderExcluir
  8. VÃO APRENDER A ESCREVER SEU ANALFABETOS. RECALQUE.

    ResponderExcluir
  9. a pessoa errou mais falou a verdade porque a cabeça esclarecida e vc alem de escrever errado aindae babão

    ResponderExcluir
  10. devemos sim aderir ao apoio ao protesto.é óbvio!mediante aos tantos descasos que a população de martins,passa a décadas...uffa!!!demorou.ninguém merece tanta opressão.chega de coronelismo.não dá mais.que tudo venha ser na paz!!!

    ResponderExcluir
  11. As pessoas falam tanto que a atual gestão está no governo "apenas sete meses"... Mas Olga era o que mesmo na gestão passada? Que eu saiba ela era vice-prefeita. Ela não tinha poder de nada? Nem de “sugerir” a abertura do hospital? Está na hora de abrir os olhos e enxergar a realidade: O governo não mudou.

    ResponderExcluir
  12. A verdade é que este protesto não passou de um PROTESTO POLÍTICO, E NÃO DE UMA VERDADEIRA MANIFESTAÇÃO DO POVO, como era o esperado, OLGA já está fazendo um ótimo trabalho, até os próprios "opositores" estão reconhecendo isto. Boa noite!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Seja consciente em seu comentário, ele será rigorosamente avaliado antes de ser publicado.

Não será permitido palavrões e/ou termos que ofendam pessoas públicas.

Obrigado por visitar o Portal SOS Notícias do RN.

type='text/javascript'/>