terça-feira, 9 de julho de 2013

Seca ainda provoca queda na produção de leite do estado


Por mais que as chuvas que caíram no segundo trimestre deste ano tenham amenizado a seca, as sequelas ainda seguem aterrorizando alguns setores industriais, como é o caso das indústrias de laticínios.

A produção de leite, assim como o beneficiamento do produto, vem sofrendo com os efeitos da seca desde o início do ano em todo o nordeste brasileiro. De janeiro a Março de 2013, a região industrializou cerca de 262 milhões de litros de leite, que comparado com o mesmo período de 2012, fica clara a queda na produção, onde foram industrializados 347,3 milhões de litros de leite.

Somente no Rio Grande do Norte, a queda no setor ultrapassa os 22%, quando comparado com o mesmo período de 2012. Nos três primeiros meses de 2013, o estado potiguar produziu apenas 11,3 milhões de litros de leite.

Em toda a região nordeste, o estado que apresentou maior grau de declividade na produção leiteira foi a Paraíba, com queda de 39,4%. Já os estado do Maranhão e Piauí não registraram quedas no volume de leite processado.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
Foto: Reprodução/Google
type='text/javascript'/>