sábado, 14 de setembro de 2013

Felipe Guerra comemora os 50 anos de autonomia política


O município de Felipe Guerra situado na mesorregião do oeste potiguar, distante cerca de 350 km da capital do estado, comemora nos próximos dias, um marco importante na política local. A população da pacata cidade festeja a emancipação política conquistada á 50 anos atrás.

Ligado a cidade de Apodi, o povoado, até então denominado com Pedra de Abelha, tentou desmembramento com a cidade através de uma lei no ano de 1953, onde tornou-se município durante um ano. Em 1954, Pedra de Abelha voltou a condição de povoado após uma decisão judicial.

Dez anos depois, a comunidade buscou novamente a separação política da cidade apodiense, entretanto, a sua emancipação só veio torna-se realidade em setembro, mas precisamente no dia 18, quando o Tribunal de Justiça através da lei estadual nº 2.926, reconheceu o novo município, sendo batizado a partir dali como Felipe Guerra.

O nome de batismo da pequena cidade foi uma homenagem a um homem que sempre esteve a frente dos movimentos em benefício do extinto distrito. Felipe Neri de Brito Guerra era um bacharel em direito, natural de Campo Grande, mas que tornara líder da região pela escolha do povo.

Hoje, 50 anos depois, toda a população festeja o que foi conquistado com muito esforço. Felipe Guerra conta uma área de 268,427 km² e uma população de pouco mais de 6 mil habitantes, segundo dados do censo 2010 do IBGE.


Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
Foto: Reprodução/Google
type='text/javascript'/>