segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Projeto de lei em favor da educação é vetado pelo prefeito de Apodi



A decisão tomada pelo prefeito da cidade de Apodi, Flaviano Monteiro, em vetar o projeto de lei nº 029/2013 que previa eleições na escolha dos diretores das escolas municipais, deixou os professores da rede insatisfeitos.

O projeto elaborado pelo vereador Bráulio Ribeiro (PMN) objetivava a autonomia das escolas municipais em escolher seus diretores e vice-diretores, através de eleições diretas executadas pela própria instituição de ensino, tendo a participação de toda a comunidade escolar, como professores e demais funcionários, pais e alunos.

Tendo aprovação unânime pela câmara legislativa no mês de maio, o projeto seguiu até as mãos do gestor municipal, onde o mesmo decidiu por vetar no final do mês de agosto. Flaviano alegou que é preciso um maior planejamento, para garantir que as eleições sejam realizadas de forma a garantir um processo democrático dentro das escolas.

Para Bráulio, o processo eleitoral direto iria democratizar a escolha dos dirigentes das escolas municipais, sendo feita pelos próprios funcionários da unidade, assim como todos os alunos. Flaviano Monteiro relatou em uma nota publicada no site da prefeitura, que o vereador precipitou-se ao idealizar o projeto, já que se trata de um processo eleitoral comum, e que não pode ser realizado ás pressas. O executivo ressaltou ainda a importância das eleições diretas para as escolas, e diz saber do benefício que as mesmas irão proporcionar a toda á comunidade escolar.


O Portal SOS Notícias do RN entrou em contato com o diretor da Escola Municipal Lourdes Mota, Lázaro Gama, indagando sobre a decisão do prefeito em vetar a lei. Lázaro comentou que a descentralização proposta pelo vereador Bráulio Ribeiro não favorece em nada as escolas, muito menos prejudica. O mesmo ressaltou ainda que, o projeto de lei não passa de uma “briga política” entre oposição e situação.


Lázaro Gama é diretor do referido colégio desde janeiro de 2013, quando foi nomeado pelo então prefeito Flaviano Monteiro.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
type='text/javascript'/>