quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Garis denunciam descaso com a classe pela secretaria de urbanismo de Apodi



Na manhã desta quinta-feira (10), o Portal SOS Notícias do RN foi procurado para tornar público um descaso da administração pública do município de Apodi. A classe trabalhadora que faz a limpeza das ruas reclamam da falta de estrutura para poderem trabalhar.

Segundo as palavras dos próprios garis, a condição de trabalho é abominável, a péssima situação das máquinas é visível e lamentável. O trator usado para recolher resto de poda de árvores e outros resíduos, possui um problema mecânico na qual as vezes é necessário empurrá-lo para funcionar.


Outros problemas relatado é a falta de fardamento e a precariedade da alimentação fornecida à classe pela Secretaria Municipal de Urbanismo. Um dos garis fez questão de dizer que, votou em Flaviano, mas que arrepende-se. O problema segue desde o início do ano.

A Constituição brasileira cita como direitos do trabalhador, ser tratado com respeito e urbanidade; ter boas condições de trabalho, físicas e morais; e ter acesso a proteção da sua segurança, higiene e saúde no local de trabalho.

Josemário Alves - Redação SOS notícias do RN

Um comentário:

  1. Realmente é precario as condições de trabalho dos garis em apodi. O que vemos nas ruas não é o que fala o secretario de urbanismo. Os EPI não são adequados e suficientes e faltam com frequencia, basta ver os garis que coletam o lixo domestico da cidade e tambem o lixo hospitalar. Os que fazem a varrição das ruas trabalham com carros de mão (velhos e ultrapassados) para conduzirem o lixo até as coletoras que também estão caindo aos pedaços. Quanto as maquinas, foram todas vindas atraves do PAC do Governo Federal. Como se não bastassem todos esses problemas acima citados, exite na secretaria a uma cultura do corte do ponto dos garis caso se recusem a trabalhar em condições precarias e sem equipamento de proteção, e somos constantemente vigiados e ameaçados.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Seja consciente em seu comentário, ele será rigorosamente avaliado antes de ser publicado.

Não será permitido palavrões e/ou termos que ofendam pessoas públicas.

Obrigado por visitar o Portal SOS Notícias do RN.

type='text/javascript'/>