terça-feira, 22 de outubro de 2013

Irregularidade em mandato resulta em inelegibilidade de ex-prefeito caraubense


O ex-prefeito do município de Caraúbas, Francisco Eugênio Alves da Silva, foi condenado pelo Juiz da Vara Única de Caraúbas, José Herval Sampaio Júnior, por improbidade administrativa. O magistrado julgou procedente a ação pública proposta pelo Ministério Público estadual.

De acordo com a acusação do MP, durante o seu mandato como prefeito municipal nos anos de 2005 a 2008, Eugênio Alves, teria contratado de forma irregular, diversas pessoas para vagas em que se fazia obrigatório o uso de concursos públicos.

Jugando parcialmente como procedente, o Juiz determinou a suspensão dos direitos políticos do ex-prefeito por um período de três anos, como também o pagamento de multa correspondente a cinco vezes toda remuneração recebida por Eugênio durante seu mandato.

Francisco Eugênio Alves da Silva ingressou na política em 1992. Foi prefeito do município por quatro anos (2005-2008), onde foi eleito com um total de 7002 votos.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
Com informações: De Fato
Foto: Reprodução/Caraúbas Hot News
type='text/javascript'/>