sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Mandato do prefeito e vice-prefeito de Ipanguaçu é cassado pela justiça eleitoral


A Justiça Eleitoral cassou o mandato do prefeito de Ipanguaçu, Leonardo da Silva Oliveira, acatando denúncia do Ministério Público, que alegava possível compra de votos nas últimas eleições municipais. Dentre os benefícios citados por testemunhas estaria a cessão de pedaços de chão, milheiros de tijolos e oferta de 400 reais em dinheiro, dentre outros. Também foram anexadas como provas fotografias que casas demarcadas com bandeiras na cor do candidato e o material de construção doado.

A juíza da Comarca de Assu, Aline Belém Cordeiro Lucas, julgou procedente o pedido de cassação do diploma de Leonardo da Silva Oliveira, condenando-o a inelegibilidade por oito anos. Também foram cassados os mandatos do vice-prefeito, Josimar Lopes,e a vereadora Maria Luzineide Cavalcante. A decisão ainda cabe recurso, mas até que isso aconteça caberá ao presidente da Câmara Municipal, Geraldo Paulino (PT), comandar os destinos do município, já os recursos na esfera eleitoral não são dotados de efeito suspensivo.

Informações: Programa Registrando/Robson Pires
Foto:  Blog do JS
type='text/javascript'/>