quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Após oito dias hospitalizado, morre apodiense que ateou fogo em secretaria


O apodiense Gilson Lima Menezes, 47 anos, que ateou fogo contra a Secretaria Municipal de Saúde do município de Apodi, morreu na manhã desta quarta-feira (27/11) no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel da cidade de Natal em consequência das queimaduras contraídas na ação impetuosa contra o órgão. O mesmo ficou parcialmente carbonizado com queimaduras de 3º grau.

Foto: Márcio Morais
Gilson possuía surtos psiquiátricos, e como de praxe, necessitava de medicamentos que eram oferecidos pela secretaria de saúde. Na manhã da terça-feira (19/11), Gilson compareceu a secretaria e ateou fogo contra a própria, o motivo seria a falta dos medicamentos de necessidade imprescindível para ele.

A prefeitura tornou público documentos que comprovaram que Gilson recebia seus remédios em dia, levantando a hipótese de que o próprio fora induzido para realizar tal ato.


Gilson estava internado no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel desde o dia (19/11).


Samuel Williams - Redação do Portal SOS Notícias do RN
type='text/javascript'/>