quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Estudante da Ufersa ganha prêmio Jovem Cientista 2013



O CNPq anunciou nesta terça-feira(19) os vencedores do Prêmio Jovens Cientistas 2013 e o estudante José Leôncio de Almeida Silva, do curso de Agronomia da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) volta para casa com o prêmio de Primeiro Lugar na categoria Estudante do Ensino Superior.

Orientado pelo professor Dr. José Francismar de Medeiros, ele submeteu o projeto “Mistura de águas salinas como alternativa para a irrigação e produção de forragem no semiárido nordestino”. De acordo com o professor, a intenção da pesquisa é garantir sustentabilidade aos agricultores e pecuaristas da região semiárida do Estado, prejudicados com a estiagem, visto que é dessas atividades que o homem do campo tira seu sustento.

José Leôncio pesquisou sobre a possibilidade de produzir uma nova solução de água salina a partir da mistura entre a água proveniente do aquífero calcário Jandaíra - principal manancial e uma das maiores reservas de água dos estados do Ceará e Rio Grande do Norte – com a água usada no abastecimento urbano e disponível em menor quantidade.

A PESQUISA

O Nordeste vem se destacando pela produção de milho e sorgo, nas quais o experimento foi aplicado. “O Estudo leva em consideração variantes como o tamanho da folha e o teor de proteínas”, explica o professor, complementando ainda que mesmo os níveis salinos tendo influenciado nas outras variáveis, os teores de proteína nas plantas não tiveram variação em função do aumento da salinidade.

Com isso, o experimento apontou o nível de salinidade tolerado pelas plantas da região, para, em seguida, detectar o nível de tolerância à mistura. O Resultado: “a mistura de águas salinas podem ser utilizadas ao longo de todo o ano”, garante José Leôncio.

Informações: De Fato
type='text/javascript'/>