quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Programa "Luz para Todos" completa dez anos com 14,4 milhões beneficiados


O programa Luz para Todos do Governo Federal completou nesta segunda-feira (11) dez anos. Coordenado pelo Ministério de Minas e Energia, o programa leva luz elétrica, gratuitamente, a cerca de 14,4 milhões de pessoas que vivem nas áreas rurais do país.

A meta inicial era atingir mais de 10 milhões de pessoas até 2008. Porém, em 2010, o IBGE apontou a existência de uma população ainda sem energia e o programa foi prorrogado até 2014.

A nova fase foca, prioritariamente, os cidadãos contemplados no Plano Brasil Sem Miséria e no Programa Territórios da Cidadania, aqueles estabelecidos em antigos quilombos, áreas indígenas, assentamentos de reforma agrária, regiões afetadas pela construção de usinas hidrelétricas ou localizados em área de elevado impacto tarifário.

O objetivo é que a energia elétrica facilite a integração dos programas sociais do governo, além do acesso a serviços de saúde, educação, abastecimento de água e saneamento. Até o momento já foram investidos R$ 14,5 bilhões em recursos federais no programa.

Para aderir ao Luz para Todos, o morador do meio rural deve procurar a distribuidora local de energia e efetuar o cadastramento.

A solicitação é incluída no programa de obras das distribuidoras estaduais de energia elétrica e atendida de acordo com as prioridades pelo Comitê Gestor Estadual (CGE). O CGE é formado pelas agências reguladoras e distribuidoras, governos estaduais, prefeituras e representantes da sociedade civil. Este comitê é responsável por acompanhar de perto o andamento do Programa e o cumprimento das metas estaduais de universalização.

Informações: Alexandre Teixeira/Blog das cidades
Foto: Divulgação do Projeto
type='text/javascript'/>