terça-feira, 12 de novembro de 2013

Suspeito de matar ex-namorada em Apodi teria "feito as malas" antes do crime

Francisco Marcílio, o suspeito
(Foto: Divulgação)

O jovem Francisco Marcílio de  18 anos que é apontado como principal suspeito pelo assassinato da estudante Júlia Mariana Torres de Oliveira, sua ex-namorada, de 17 anos, teria planejado a morte da garota e a fuga após o crime, empreendido neste último domingo (10/11).  

Conforme a apuração feita pelo Delegado Renato Oliveira, titular da Delegacia de Polícia Civil de Apodi, cidade da região oeste potiguar, a fuga foi esquematizada. “Soubemos que às vésperas do dia do crime ele preparou roupas para viagem. A fuga foi planejada", afirmou o Delegado, que ouviu quatro testemunhas nesta segunda-feira (11/11). Francisco Marcílio é considerado foragido pela polícia, o mesmo ainda não foi localizado.

Entenda O CRIME

Julia Mariana, a vítima

O Delegado Renato Oliveira disse que as testemunhas, dois amigos e duas amigas de Júlia Mariana, alegaram que a jovem era ameaçada de morte por parte do ex-namorado. "Os dois tiveram um relacionamento de dez meses. Ela falou para várias amigas que estava sendo ameaçada", pondera.

O acusado teria comparecido ao local do crime em uma motocicleta. "Depois de estacionar o veículo, ele foi até a menina e atirou quatro vezes nela. Apesar de estar usando capacete, as testemunhas reconheceram o rapaz", acrescentou o Delegado. 



As polícias Civil e Militar propagaram a foto do principal suspeito que se encontra foragido. Ainda segundo o Delegado, o crime tem motivação passional, pois o rapaz teria se vingado da garota pelo fato dela não querer reatar o relacionamento com ele. Mais testemunhas serão ouvidas nos próximos dias. 

Samuel Williams - Redação do Portal SOS Notícias do RN
Com Informações: G1  RN
type='text/javascript'/>