segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Vereadora apodiense anuncia saída da base aliada do prefeito Flaviano

Flaviano monteiro, prefeito de Apodi (Foto: De fato)
A gestão do prefeito Flaviano Monteiro está cada vez mais abalada. A desfragmentação de sua base aliada poderá comprometer ainda mais sua administração. É o que já está acontecendo na denominada "Nova Geração".

O presidente do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em Apodi, Solón Regalado, anunciou neste dia 18 de novembro, a saída do grupo da base forte da administração municipal de Apodi. A decisão teria ocorrido após discussão com o diretório estadual do partido.

Em seu relato, Solón revelou que o PSDB ajudou a eleger o atual gestor visando uma parceria de sucesso e de desenvolvimento para o município, através da vereadora Hortência Regalado. Contudo, a equipe do prefeito estaria desmerecendo a legisladora bem como mentindo e acusando-os de não permitir a execução de algumas obras na região representada por ela, o Vale.

"Não estamos deixando o grupo pela falta de compromisso pessoal, estamos saindo pela falta de compromisso com o povo, com nossa região e com os projetos coletivos da vereadora Hortência Regalado", disse o presidente municipal da sigla.

Flaviano e Hortência durante comício político
em 2012 (Foto: Assessoria da vereadora)
A nova posição do partido em relação a administração apodiense foi decidida durante a visita do presidente estadual do PSDB e secretário do desenvolvimento econômico, Rogério Marinho, nos dias 8, 9 e 10 de novembro.

Com a saída da vereadora Hortência Regalado do lado situacionista, Flaviano perde a sua maioria na Câmara Legislativa, restando apenas 5 vereadores a seu favor. Número este que poderá sofrer redução a qualquer momento.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
Fotos: De fato/Assessoria da vereadora
type='text/javascript'/>