quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Larissa Rosado é condenada à perda dos direitos políticos pelo TRE-RN

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) condenou, Por 4 votos a 1, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) à perda dos direitos políticos por oito anos na tarde desta quinta-feira (19/12). A Corte acatou a sentença assinada pelo juiz José Herval Sampaio Júnior, que condenou Larissa por abuso de poder dos veículos de comunicação de sua família nas eleições de 2012.

Além de perder os direitos políticos, a parlamentar também foi condenada – por 3 votos a 2 - à perda do diploma de deputada estadual, devendo ser afastada do cargo assim que o acórdão for publicado no Diário Eletrônico da Justiça.

Com a saída de Larissa, deve assumir o mandato o primeiro suplente do PSB, advogado Lauro Maia, filho da vice-prefeita de Natal e ex-governadora Wilma de Faria (PSB). Lauro foi condenado, nesta terça (17), a mais de 16 anos de prisão por crime de formação de quadrilha, no processo que ficou conhecido como “Operação Hygia”.

A assessoria jurídica da deputada vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com pedido de liminar para que Larissa permaneça no mandato até o julgamento final.

Informações: Cesar Santos
type='text/javascript'/>