segunda-feira, 24 de março de 2014

Após 55 dias, professores encerram greve estadual com objetivos alcançados

Os professores da rede estadual de ensino do Rio Grande do Norte encerraram a greve e voltaram às salas de aulas nesta segunda-feira (24/03). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte/RN), a greve foi vitoriosa já que a categoria "sai com direitos devidamente aprovados pela Assembleia Legislativa". A greve começou no dia 28 de janeiro.

Para o Sinte/RN o mais importante deles é a manutenção do nível na carreira (letra) para quem avança na aquisição de títulos acadêmicos como mestrado e doutorado. “Quem avançava nos títulos voltava para início da carreira. Uma distorção absurda que desmotivava o profissional e causava danos irreparáveis na educação pública”, esclareceu Fátima Cardoso, presidente do sindicato.

Além da manutenção da Letra, a categoria conquistou a regulamentação do porte das escolas, o pagamento do reajuste do Piso nacional de 8,32% e o avanço em um nível na carreira (promoção de uma Letra). “Todas as conquistas representam incremento salarial. Uma forma concreta de melhorar a realidade salarial dos profissionais da educação”, disse o coordenador geral do Sinte/RN, Rômulo Arnaud.

Na assembleia que decidiu pelo fim da greve, ficou definido que os profissionais que foram alvo de corte do ponto pelo governo não devem repor as aulas.

Informações: G1 RN
Foto: Reprodução/Sinte-RN
type='text/javascript'/>