quinta-feira, 13 de março de 2014

Carne de jumento é aprovada pela maioria em evento na cidade de Apodi

Diversos apodienses, bem como autoridades de todo o estado do Rio Grande do Norte tiveram, nesta quinta-feira (13/03), a oportunidade de apreciar a polêmica carne de jumento, preparado nas mais diversas formas.

O evento foi realizado no Restaurante e Churrascaria Apodi e contou com a presença de autoridades locais, mídia estadual, além de veículos de comunicação a nível nacional. 
Antes do consumo, a carne dos animais passaram por um rigoroso processo de avaliação na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) onde foi comprovado propriedades semelhantes ao da carne bovina, o que torna propícia ao consumo humano.

Aberto apenas para convidados, o evento teve a aprovação total de todos que se arriscaram á provar da carne. Mesmo assim, alguns dos presentes não saborearam a iguaria em oposição ao consumo e inserção da carne no mercado.
Em conversa com Portal SOS Notícias do RN, vários convidados arriscaram-se em indicar um sabor semelhante à carne servida. O mais sugerido foi o da carne de gado. Entretanto, outras sugestões como carne de avoante, também predominaram.
O almoço promovido pelo promotor de Justiça da Comarca de Apodi, Silvio Brito, objetivava a popularização da carne de jumento para diminuir o número desses animais nas rodovias, que, geralmente, provocam acidentes gravíssimos.

Segundo Brito, cerca de 40 animais são apreendidos por semana, o que pode levar á falta de espaço e de tratamento para eles no atual abrigo.
A proposta do promotor, se aprovada, é levar a carne de jumento até o prato dos presidiários e, com o tempo, inseri-la na alimentação estudantil.


Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN

3 comentários:

  1. certo que sim, seria obvio aprovado por a maioria que la estiveram, para inicio de conversa quem estiveram na degustação seria de fato aqueles que saíram decididos em comer a carne de jegue, assim também se colocarem a carne de cachorro e convide vai ver que seram muitos que iram comer, assim como tem quem coma carne de cobra de viado, mucura que fedorenta como ela é, mais depois de tratada fica uma carne bonita e de boa aparença, mais cá pra nós os pais que la estiveram darão realmente carne desse tipo aos seus filhos? trocaram a carne bovino por carne de equino.

    ResponderExcluir
  2. engraçado as coisas da vida: tem quem não coma carne de criação, e comem carne de jumento, sera que o proximo animal a ser degustado não sera o cachorro, gato, cobras, brincadeira.

    ResponderExcluir
  3. Eu fico aqui imaginando se essa moda pega para resolver os problemas do Apodi.
    Apodi tb tem problema de lixo, esgoto, políticos...

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Seja consciente em seu comentário, ele será rigorosamente avaliado antes de ser publicado.

Não será permitido palavrões e/ou termos que ofendam pessoas públicas.

Obrigado por visitar o Portal SOS Notícias do RN.

type='text/javascript'/>