quinta-feira, 6 de março de 2014

Deputados do RN trocam acusações de crimes eleitorais em bate-boca pelo Twitter

A triste noticia sobre a morte de um homem após ter atendimento negado no Hospital Regional de Assu gerou um grande bate-boca virtual entre os deputados Nélter Queiroz (PMDB) e George Soares (PR). 

Através do Twitter, os parlamentares trocaram farpas e acusaram um ao outro de compra de votos e práticas improbidade administrativa.

Nélter deu início á discussão comentando ser lamentável a falta de atendimento, e posteriormente a morte do paciente, na "terra" do deputado George Soares. 
Por sua vez, George retrucou que o comando da unidade hospitalar é do atual prefeito de Assu. "Quem comanda o hospital de Assu é sua aliado, amigo e rosalbista, o prefeito de Assu. Todo os cargos, todos. Você apoiou seu governo", disse o deputado do PR.

A discussão continuou até os parlamentares mencionarem suas fichas eleitorais e seus processos. O Peemedebista cutucou George. “Estou no sétimo mandato e não há um processo contra mim. Encaminhe esta denúncia. Pena que você único mandato, tão novo, já tem processo”, desafiou Nélter Queiroz. 

Respondendo, George relatou “você tem memória fraca. Tem processo na PF por compra de voto na eleição do seu filho. Com filmagem e gravações”.
Assim, a briga virtual continuou por mais de 5 horas aos mais de 7 mil seguidores que somam os dois parlamentares.

Indiferente com as acusações do deputado Nélter Queiroz, George finaliza dizendo que o deputado está desequilibrado. “Caro deputado, vá para praia pescar. Você está muito irritado e desequilibrado. Acho que o carnaval não foi [bom] para você. Abraços e bom dia”, conclui.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
type='text/javascript'/>