quarta-feira, 26 de março de 2014

Ministério da Saúde aponta crescimento do número de casos de Aids no RN

Apesar das campanhas de prevenção, o número de portadores do vírus HIV tem crescido no Rio Grande do Norte. De acordo com o Ministério da Saúde, o Rio Grande do Norte é o estado brasileiro em que mais houve aumento no número de mortes provocadas pelas Aids. Entre os anos de 2002 e 2012 houve um aumento de 177% no número de óbitos provocados pelo vírus no RN, o que corresponde a mais de 950 casos.

Em Mossoró, no Oeste do estado, 570 pessoas convivem com a Aids e quem adquire a doença comumente tem vergonha de assumir para a sociedade.
Na cidade, são 335 homens e 235 mulheres portadores do vírus. Conceição Paz convive há dez anos com a doença, e alerta para a importância da prevenção. “As pessoas têm que ter a consciência de usar o preservativo, se apoderar dessas informações e fazer o possível para não contrair essa doença. É uma doença devastadora, que está matando”, disse.

O infectologista Alfredo Passaláqua atenta para a necessidade de se realizar o tratamento corretamente. “Quem não faz o tratamento correto, adoece e morre como se nem estivesse tomando a medicação”, afirmou o médico.

Informações: G1 RN
type='text/javascript'/>