sexta-feira, 25 de abril de 2014

Homem é assassinado após ter sua energia cortada duas vezes em Natal

A Polícia não tem dúvida de que a morte de Edivaldo Morais da Costa, 42 anos, ocorrida na madrugada desta sexta-feira (25/04), na Redinha em Natal, foi premeditada.

De acordo com plantonistas da delegacia da Zona Norte, a vítima estava acompanhada da esposa quando faltou energia pela primeira vez. Eles saíram do imóvel, Edivaldo emendou o fio que havia sido cortado e o casal voltou pra dentro de casa, porém minutos depois o fio foi cortado pela segunda vez.

Edivaldo, armou-se com uma espingarda e foi para a rua, fazer novamente o reparo. A esposa dele, pressentindo o pior, insistiu para que ele não saísse de casa, mas ele não atendeu aos pedidos dela e enquanto observava o fio partido o atirador se aproximou e baleou Edivaldo várias vezes.

Ele morreu no local e a polícia não conseguiu localizar o assassino. Apesar de ter testemunhado o crime, a esposa da vítima não quis apontar uma motivação para o homicídio, ela apenas confirmou que o esposo não teve se quer tempo para reagir.

Informações: No Minuto
type='text/javascript'/>