quinta-feira, 17 de abril de 2014

Juiz eleitoral indefere candidatura de Larissa Rosado à prefeitura de Mossoró

Larissa Rosado durante sessão na Assembleia Legislativa (Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa)
A 33ª Zona Eleitoral indeferiu a candidatura da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) à Prefeitura de Mossoró. Com quatro condenações no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por abuso de mídia durante as eleições 2012, a deputada estadual está atualmente inelegível, o que foi levado em conta pelo juiz eleitoral José Herval Sampaio Júnior. A decisão saiu na tarde desta quinta-feira (17/04).

Nesta terça-feira (15/04) o juiz eleitoral já havia negado o registro de candidatura da prefeita afastada Cláudia Regina (DEM). "Os casos são diferentes. No processo de Larissa eu indeferi a candidatura pelo fato de ela estar inelegível. Já Cláudia nem recebi o registro porque além de inelegível, ela deu nulidade à eleição suplementar anterior, o que segundo o TRE impede sua candidatura", explica Herval Sampaio.

A prefeita afastada já recorreu, porém o TRE negou na noite desta quarta-feira (16/04) a liminar que derrubava a decisão do juiz da 33ª Zona Eleitoral. "Neguei a candidatura e não permiti a ela o direito de fazer propaganda, conforme prevê a Lei de Inelegibilidade", afirma o juiz sobre o caso de Cláudia. Sampaio recebeu na segunda-feira (14/04) pedidos do Ministério Público Eleitoral para impugnar as candidaturas de Cláudia Regina e Larissa Rosado.

As eleições suplementares foram marcadas para o dia 4 de maio pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Informações: G1 RN

type='text/javascript'/>