sexta-feira, 25 de abril de 2014

Mais de 400 ônibus paralisam em protesto contra a violência em Natal

(Foto: Assis Barbosa / Via Certa Natal)
Um protesto dos motoristas dos transportes públicos de Natal deixou a cidade parada na manhã desta sexta-feira, 25 de abril. O estopim para a movimentação foi a morte de um motorista, esfaqueado durante uma tentativa de assalto na noite de quinta-feira (24).

De acordo com Paulo César Ferreira, delegado regional do Sindicato dos Motoristas do Rio Grande do Norte, a categoria protesta por mais segurança. "Hoje os bandidos estão soltos e os trabalhadores é que estão presos. Um pai de família não pode mais sair da casa com segurança, não pode mais trabalhar com segurança", falou ele.
ônibus estacionados em protesto (Foto: Lana Martins / Redes Sociais)
Durante a paralisação, que teve início por volta das 10h e término ás 11:40 manhã, mais de 400 ônibus tiveram os serviços cessados por motivo de segurança.

Sobre o assassinato do motorista, o coronel da PM Francisco Canindé de Araújo Silva comentou que a Central de Operações da Polícia Militar não registrou nenhum crime. "Não tivemos o registro da ocorrência, mas dialogamos com a categoria e entendemos o protesto", concluiu.

Por volta do meio dia, os transportes públicos coletivos estavam funcionado, normalmente.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
Com informações: G1 RN  / No Minuto
type='text/javascript'/>