quinta-feira, 17 de abril de 2014

Preço do pescado tem aumento de quase 24% segundo pesquisa do Procon Natal

rckw2v6c
Pesquisa divulgada pelo Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Natal), sobre preços do pescado aponta aumento médio de 23,78% para os pescados em geral e de 9,02% do bacalhau, comparado ao mesmo período do ano passado, o que representa um aumento substancial e acompanha a tendência de aumentos dos gêneros alimentícios. 

A pesquisa foi realizada nos dias 03 e 10 de abril de 2014 com o objetivo de orientar os consumidores em suas compras neste período e também para informar ao consumidor sobre eventuais diferenças de preços. O Procon Natal pesquisou mais de uma dezena de tipos de peixes, dentre os mais consumidos, variando nas formas de venda, como por exemplo, peixe em posta, filé ou quilo, em dez (10) supermercados e hipermercados, distribuídos por todas as regiões da cidade.

O consumidor dispõe de grande variedade de tipos de pescado, tanto nos super/hipermercados como nos mercadinhos de bairro. O Procon orienta que o consumidor deve observar com cuidado o peixe que vai comprar, quanto à sua qualidade, aparência, cheiro, cor e consistência, no intuito de evitar problemas á saúde, pois se trata de alimento muito perecível.

Nesta pesquisa, o Procon Natal constatou que a diferença entre os preços é grande para o mesmo item em diferentes estabelecimentos, podendo chegar a mais de 127%. O consumidor deve pesquisar antes de comprar, pois as diferenças são grandes, e se pode economizar com a simples comparação.

Informações: Portal No Minuto
type='text/javascript'/>