sexta-feira, 23 de maio de 2014

Acusado de abusar de enteadas em Apodi se defende e diz que mãe sabia de tudo

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira (22/05) acusado de abusar sexualmente de duas enteadas menores de idade durante três anos em Apodi. A prisão foi decretada pelo juiz Osvaldo Cândido de Lima Júnior após uma das vítimas ter denunciado o caso.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, as menores de 16 e 17 anos sofriam abusos desde os 13 e 14 anos, respectivamente, do próprio padrasto, um agricultor de 34 anos.

A pedido da Polícia Civil de Apodi, as garotas foram encaminhadas para o Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP), onde foi constado que as mesmas sofriam abusos sexuais.

Diante do resultado, a prisão preventiva do agricultor foi decretada pelo juiz que responde pela Vara Criminal da Comarca de Apodi. Em depoimento, o acusado confessou o crime, mas alegou que não era forçado, e que a mãe tinha conhecimento sobre os abusos das filhas.
Delegado Renato Oliveira (Foto: Márcio Morais)
Em entrevista, o delegado Renato Oliveira, titular da DP de Apodi, relatou que o acusado não vai ficar impune, e que todos os fatos e denúncias serão minunciosamente investigados. Até lá, o agricultor permanecerá detido no Centro de Detenção Provisória do município.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN

Atualizado em 09:16 de 24 de maio para acréscimo de informações
type='text/javascript'/>