quarta-feira, 28 de maio de 2014

Caixotes vão sustentar 10 mil torcedores no Arena das Dunas durante a Copa

Arquibancadas temporárias estão sendo sustentadas por "caixotes" (Fotos: FatorRRH/Cedida)
Informações: Portal No Ar
Fotos: Cedida / Fator RRH

Aos olhos de um leigo, o modo como estão apoiadas as arquibancadas temporárias instaladas na Arena das Dunas para os jogos da Copa do Mundo da Fifa 2014 não parecem muito seguras. Pelo menos é a impressão que se tem ao analisar as fotos a seguir. Tais equipamentos ainda irão passar por inspeção do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte, segundo o major CBM Marcos Carvalho, chefe do setor de Serviço Técnico de Engenharia (Serten/CBM).

As fotos mostram que as arquibancadas estão sendo sustentadas pelo o que parecem ser calços ou caixotes de madeira. São estruturas metálicas que devem suportar 10 mil torcedores, que possivelmente pularão ali e, portanto, receberão uma carga de peso considerável, mas apoiadas por um material aparentemente frágil. Uma das fotos expõe um caixote com certo desgaste devido à umidade.

O major Marcos Carvalho afirma que a empresa Stick, responsável por instalar a estrutura na Arena das Dunas, recolheu, nesta última terça-feira (27), o documento de aprovação do projeto técnico de execução do serviço. “A empresa deve então finalizar a montagem. Quando concluir a execução do projeto, o DER/RN [Departamento Estadual de Estradas de Rodagem] nos enviará um pedido para inspeção da estrutura”.
Segundo o chefe do Serten/CBM, uma equipe com três bombeiros militares deverá fazer essa vistoria nas arquibancadas temporárias. “Se tudo estiver em conformidade com o projeto, então será entregue ao DER/RN uma declaração liberando a utilização da estrutura. Caso isso não ocorra, então a empresa que executou o projeto será notificado para fazer os ajustes e será emitido um parecer técnico com as falhas”.

Marcos Carvalho informa que as inspeções na Arena das Dunas estão sob regime de prioridade, devido à importância do evento. “Assim que recebermos o pedido de vistoria, já agendaremos o serviço para o próximo turno: ou pela manhã ou à tarde”.

Questionado sobre a segurança dos caixotes que sustentam as arquibancadas, o secretário especial da Copa 2014 e diretor do DER/RN, Demétrio Torres, alega: “essa é uma obra de engenharia técnica com registro no Crea/RN [Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia], cujo projeto foi aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Ela será liberada após inspeção dos Bombeiros e expedição de um laudo técnico”.
type='text/javascript'/>