sexta-feira, 9 de maio de 2014

Greve dos professores da Ufersa está prevista para o final do mês de maio

Os professores da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) participaram de uma assembleia na tarde desta quinta-feira (08/05) para anunciar o que foi decidido na reunião com o sindicato nacional da categoria, ANDES, acerca da greve. A reunião da categoria aconteceu em nos dias 26 e 27 de abril na capital federal.

De acordo com o presidente da Associação dos Docentes da Ufersa (ADUFERSA), José Torres Filho, a paralisação nacional deverá ser decretada no final do mês de maio, após o posicionamento do ANDES, que se reunirá com o Governo Federal representando as 56 associações de docentes do ensino superior.
Para o secretário regional do sindicato, José Domingues, um grande números de professores querem a retomada da greve que foi deflagrada em 2012. No momento da votação sobre o indicativo da paralisação no dia 24 de abril, 140 docentes foram a favor da greve contra 34 que não apoiaram.

Se deflagrada, a paralisação dos docentes na Ufersa afetará, diretamente, mais de 6 mil universitários. Atualmente, a instituição conta com aproximadamente 300 professores nos quatro campi da instituição.


Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
type='text/javascript'/>