quinta-feira, 19 de junho de 2014

Indivíduo detido pela PM em Caraúbas pode ter usado documentação falsa

A Polícia Militar de Caraúbas prendeu durante a manhã desta quinta-feira (19/06), a pessoa identificada por José Robson Soares da Silva, de 36 anos. O indivíduo portador do RG de nº 3.160.746 e natural de Picuí, no estado da Paraíba, já foi assassinado duas vezes e responde por um atentado à vida humana, é o que informa o Tribunal de Justiça da Paraíba através do seu portal eletrônico.
Reprodução do TJRN (Clique para ampliar)
Segundo o site do TJPB, José Robson consta como vítima de homicídio em dois momentos distintos, sendo os autores dos crimes José Antônio da Silva Santos e Vitoriano Barbosa de França. Ainda sobre o nome de José Robson Soares da Silva, inclui-se uma agressão corporal grave cometida por ele contra José Antônio da Silva Santos, o mesmo que o teria assassinado tempo depois.

De acordo com a PM, o indivíduo foi detido após uma abordagem na RN – 233, no trecho entre Caraúbas e Campo Grande, no qual se identificou como sendo José Robson, exibindo uma carteira de identidade. A prisão se deu após o levantamento de sua ficha criminal, onde existia um mandado de prisão e apontava-o como foragido da justiça.

Diante das informações, acredita-se que a documentação apresentada pelo indivíduo para sua identificação seja falsificada, uma vez que consta nos registros do Tribunal de Justiça paraibano, informações comprovando o assassinato de José Robson.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
Fotos: Icém Caraúbas
type='text/javascript'/>