segunda-feira, 9 de junho de 2014

Problemas de superlotação persiste e universitários apodienses perdem aula



Os estudantes universitários de Apodi, mais uma vez, tiveram suas aulas afetadas por causa dos transportes que prestam serviço ao programa Transformação, durante a manhã desta segunda-feira, 09 de junho. O problema, que já vem sendo discutido pela Associação dos estudantes (AENTS) e as autoridades políticas locais, abrangeu principalmente os estudantes da Universidade Potiguar (UNP) e da Estadual do RN (UERN).

De acordo com a AENTS, a problemática consistiu na falta de ônibus para o transporte legal de Apodi até Mossoró. Com apenas três veículos disponíveis, os estudantes se recusaram a fazer o trajeto com lotação superior ao permitido por lei e, ainda denunciaram a irregularidade à Polícia Rodoviária Federal.

Em contato com a reportagem do SOS Notícias do RN, o coordenador de transportes da associação Patrício Siqueira, comentou que durante a última quarta-feira (04/06), a diretoria da AENTS se reuniu com o prefeito Flaviano para discutir melhorias nos transportes.

“Nós debatemos e ficou decido a inserção de mais dois ônibus no programa, sendo um para o período da manhã e outro para a noite, mas a empresa ainda não liberou o veículo adicional para os estudantes do turno matutino, causando superlotação novamente”, disse.

Durante a reunião, o prefeito determinou autonomia da associação sobre os ônibus, um passo importante para a melhoria do serviço, segundo Patrício.

Nesta segunda (09), apenas os universitários integrais da Ufersa puderam ser transportados até Mossoró dentro da legalidade. Os demais estudantes voltaram para casa sem assistir aula.

Josemário Alves - Redação SOS Notícias do RN
type='text/javascript'/>