domingo, 15 de junho de 2014

Seleção Francesa vence Honduras por 3 x 0 com ajuda de recurso eletrônico

Por Veja

A França estreou bem na Copa do Mundo, com vitória por 3 a 0 sobre Honduras, na tarde deste domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O destaque da partida foi o atacante Karim Benzema, que marcou dois gols e participou do segundo, o lance mais controverso da partida. Pela primeira vez na história dos Mundiais, um gol foi confirmado com a ajuda do recurso eletrônico. Os hondurenhos contestaram a tecnologia usada pela Fifa e a decisão do árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci. Com um jogador a menos desde o primeiro tempo, Honduras não conseguiu surpreender os europeus, que foram amplamente superiores.

A equipe europeia entrou em campo determinada a apagar o vexame do último Mundial, quando foi eliminada na primeira fase, mas não pôde contar com seu principal jogador, Frank Ribéry. Com lesão nas costas, o atacante do Bayern de Munique foi cortado às vésperas do Mundial. Logo no início, um fato chamou a atenção dos torcedores: os hinos nacionais não foram executados, devido a uma falha no sistema de som do Beira-Rio. As ausências da Marselhesa e de Ribéry, no entanto, não diminuíram o ímpeto dos franceses, que pressionaram os centro-americanos desde o início. Aos 15 minutos, o volante Blaise Matuidi aproveitou sobra na área e chutou no travessão. Pouco depois, o jovem Antoine Griezmann, que ganhou vaga no time titular, assustou em cabeçada que também explodiu no travessão.
Aos 25 minutos, Paul Pogba e Wilson Palacios se estranharam e ambos receberam cartão amarelo. Pior para o hondurenho, que aos 44 minutos derrubou Benzema na área, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Na cobrança, Benzema bateu forte no canto direito e marcou o primeiro.
Logo no início da segunda parte, aconteceu o lance mais comentado do jogo. Mathieu Valbuena deu bom lançamento para Benzema, que chutou forte de esquerda. A bola bateu na trave e o goleiro Noel Valladares se atrapalhou ao tentar agarrá-la. Os jogadores franceses pediram gol e o árbitro Sandro Meira Ricci consultou o recurso eletrônico, que mostrou que a bola entrou. O lance foi repetido no telão e deixou dúvidas nos torcedores. O técnico de Honduras, Luis Suárez, chegou a discutir com o rival Didier Deschamps, por duvidar da infalibilidade do recurso. No fim, o gol foi confirmado e a Fifa assinalou gol contra do goleiro Valladares na jogada.
Benzema estava inspirado e marcou o terceiro. Aos 25 minutos, o artilheiro do Real Madrid aproveitou sobra na área e, quase sem ângulo, bateu forte para selar a vitória francesa. Na próxima rodada, os campeões de 1998 enfrentam a Suíça, que também tem três pontos no grupo, pois venceram o Equador. O jogo acontece na sexta-feira, em Salvador. No mesmo dia, Honduras enfrenta o Equador, em Curitiba.
type='text/javascript'/>