quarta-feira, 23 de julho de 2014

Araken defende reforma administrativa como solução para o RN

Por Gerlane Lima / Portal No Minuto
Foto: Arquivo / No Minuto

Em entrevista á rádio 96 FM de Natal, o candidato a governador Araken Farias falou um pouco de suas propostas para governo e suas prioridades para mudar o Rio Grande do Norte. Araken é advogado, presidente estadual do PSL e foi coordenador do Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor do Rio Grande do Norte, o Procon RN.

Como postulante à cadeira do executivo, Araken defende uma reforma administrativa, como primeiro projeto de plano de governo. “A reforma vai tratar das receitas e despesas do Rio Grande do Norte”, disse.

A expectativa é de diminuição, de pelo menos 10% nas despesas do estado. O governadorável destaca os prédios que existem no estado com contrato de locação, mas que não são usados.

A valorização e qualificação do servidor público também é um dos projetos do candidato, para que assim possa se oferecer um melhor serviço e evitar as greves, traçando sempre um diálogo com a categoria.

Araken garante pagamento dos servidores e fornecedores em dia e ainda uma análise da quantidade de secretarias e possíveis redução no número de cargos comissionados. “O estado precisa acabar com essa postura de cargos comissionados”.

Sobre a segurança pública, o candidato pelo PSL diz que o assunto, assim como saúde e educação, é a prioridade número 1. O plano de governo pretende restabelecer a segurança no Rio Grande do Norte em 90 dias.

O Plano de governo do PSL também inclui um hospital exclusivo para idosos e um Hospital de trauma na região central do Estado. Em relação às obras estruturantes, Araken promete um novo ramal ferroviário. “Pretendemos fazer uma linha Mossoró, Caicó, Currais Novos e Natal. É preciso também duplicar estradas”.

Araken Farias resume sua candidatura em coragem e determinação. “As oligarquias precisam sair do poder”, finaliza Araken.
type='text/javascript'/>