quinta-feira, 10 de julho de 2014

Araken e demais candidatos prometem atender reivindicações dos agricultores

Por Allan Darlyson / Portal No Ar
Fotos: Wellington Rocha

Os candidatos ao governo do estado receberam, na tarde desta quinta-feira (10), um documento da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Norte (Fatern), com as reivindicações da categoria para atender as demandas do setor e demais áreas de desenvolvimento. Araken Farias (PSL), Robinson Faria (PSD), Robério Paulino (PSOL), Simone Dutra (PSTU) e Henrique Eduardo Alves (PMDB) se comprometeram a inserir as propostas dos agricultores nos seus respectivos planos de governo.

Araken frisou que, se eleito, as portas do governo estarão abertas para as reivindicações dos agricultores. O concorrente do PSL afirmou que, para atender as demandas sugeridas, pretende realizar uma reforma administrativa, no intuito de oferecer serviço de excelência ao cidadão. Robério frisou que é necessário planejar o orçamento para atender a agricultura familiar. Simone destacou que o documento da Federação fornece informações para guiar o futuro governador nas ações que fará para atender a demanda da área.
Henrique enfatizou a importância do investimento em prol dos trabalhadores rurais para o estado. “Irei incluir muitas desses propostas no nosso plano de governo. Isso não é favor. É respeito. É justiça a essas famílias. A assistência técnica é o mínimo que podemos fazer para o cidadão que quer sobreviver. Está faltando articulação, força política, para o estado se impôr e ser respeitado. É hora de dar um grito de liberdade, altivez e crescimento”, discursou o candidato do PMDB.

Robinson afirmou que a Fetarn será uma parceira do seu governo. “Todos os compromissos firmados com os agricultores serão cumpridos. Sou do agreste. Conheço bem as comunidades rurais, que abrigam centenas de famílias. Iremos governar em parceria com a Fetarn para criar programas de educação familiar, extensão rural, salvação do rebanho e demais políticas públicas para o setor”, prometeu Faria.
O presidente da Fetarn, Manoel Cândido, disse que as principais reivindicações dos agricultores são ações efetivas de convivência com a seca, melhoria da Educação na Zona Rural, programa de auxílio à agricultura familiar, além dos anseios gerais da sociedade, como melhores serviços na Saúde, Segurança e Educação.
type='text/javascript'/>