segunda-feira, 14 de julho de 2014

Prefeita e vice de Areia Branca são cassadas e afastadas da prefeitura

(Imagem da campanha eleitoral de 2012)
Por Josemário Alves / Redação SOS Notícias do RN

O Tribunal Regional Eleitoral decidiu por cassar o mandato da prefeita e vice prefeita de Areia Branca, Luana Bruno e Lidiane Michele, respectivamente. O julgamento foi realizado nesta segunda-feira, 14 de julho.

Além de determinar o afastamento imediato da prefeita, a Corte decidiu ainda pela inelegibilidade de Luana e Michele por oito anos, e o pagamento de uma multa no valor de R$ 5 mil cada uma.

Com a cassação, a Prefeitura Municipal de Areia Branca passará a ser comandada pelo presidente da Câmara dos Vereadores. Uma eleição suplementar deverá ser realizada, afim de se obter um gestor municipal em concordância com o povo através de votação.

O TRE-RN decidiu, também, aplicar uma multa de R$ 10 mil a Manuel Cunha Neto e José Bruno Filho, respectivamente, deixado-os inelegíveis por um período de oito anos por terem praticados condutas vedadas aos agentes públicos, captação ilícita de voto, uso indevido dos meios de comunicação e abuso de poder político e econômico.

A assessoria jurídica da prefeita Luana Bruno deverá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.
type='text/javascript'/>