quarta-feira, 23 de julho de 2014

Projeto Horta Didática transforma-se em programa de extensão na Ufersa

Por Josemário Alves / SOS Notícias do RN

O projeto Horta Didática, desenvolvido pela Universidade Federal Rural do Semiárido em seu campus Central em Mossoró, deverá se expandir para as cidades de Angicos e Caraúbas a partir de 2015. Isso só será possível, por que o projeto foi aprovado e transformado em programa de extensão pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo o vice-coordenador do programa, Giorgio Mendes, o Horta Didática já estava em atividade na forma de projeto em Mossoró. Com a nova proposta, o objetivo principal tornou-se a implantação de hortas nas áreas de atuação da Ufersa, através dos campi de Angicos, Mossoró e Caraúbas, e dar as ferramentas para o aluno e o professor de ensino fundamental apreenderem a teoria e a prática relacionadas à produção de alimentos.

O programa será coordenado por Anabelle Camarotti e desenvolvido em quatro subprojetos, tendo como temas a implantação de Horta Didática em escolas públicas de ensino fundamental; a promoção da saúde pela higiene pessoal e alimentar; o Futuro Empreender: horta como oportunidade de negócio; e o Compartilhamento de saberes: inclusão social para difusão do conhecimento.
Crianças participam do projeto Horta Didática (Foto: Giorgio Mendes)
Ao SOS Notícias do RN, Giorgio relatou que “o programa visa atingir um número variado de pessoas que, direta ou indiretamente, favoreçam a difusão da promoção à saúde por meio de uma melhor alimentação”.

O Horta Didática foi contemplado com quase R$ 300 mil de investimento e terá duração de dois anos, sendo financiado pelo Programa Nacional de Extensão Universitária (ProExt). O mesmo ainda deverá beneficiar um público estimado de 2762 pessoas.
type='text/javascript'/>