domingo, 31 de agosto de 2014

Após seis dias internada, morre vítima de explosão na zona rural de Apodi

Por Josemário Alves / SOS Notícias do RN

A dona de casa Maria Suely de Morais, de 38 anos, morreu nas primeiras horas deste domingo (31/08), no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel da cidade de Natal em consequência das queimaduras contraídas em um acidente doméstico na comunidade de sítio do Góis, zona rural de Apodi. A mesma sofreu queimaduras de 1º e 2º grau. 

Maria Suely foi vítima de uma explosão de um botijão de gás na última segunda-feira (25) em sua residência na chapada do Apodi. Na ocasião, também ficaram feridos a aposentada Juvina Rodrigues de Souza, de 73 anos, e a criança Túlio Rodrigues de Souza, de 9. Ambos, continuam internados no hospital natalense.

Em contato com o Portal SOS Notícias do RN, familiares das vítimas afirmaram que não tem conhecimento do que pode ter provocado a explosão, mas acredita que tenha sido um rompimento na mangueira que conduz o gás até o fogão.

A morte de Maria Suely comoveu toda a população apodiense, uma vez que foi de forma trágica e inesperada. Os estado em que se encontram as outras vítimas, inspira cuidados.


Recomendações das autoridades

As autoridades dizem que apesar de parecer inofensivo, o botijão de gás é uma “bomba” em potencial e qualquer descuido pode provocar um acidente de proporções graves. E anunciam que alguns cuidados básicos podem evitar acidentes: 

  • Identifique o distribuidor e verifique o estado geral do botijão (lacre, amassamento, pintura);
  • Guarde o botijão em local ventilado e longe de fonte de energia elétrica;
  • Para rosquear o regulador (registro) no botijão, gire a borboleta no sentido horário, utilizando somente as mãos.
  • Teste se tem vazamento utilizando espuma de sabão. Se borbulhar, é sinal de vazamento. Nunca use fósforo ou isqueiro para fazer o teste, pois há risco de explosão;
  • A mangueira deverá ter no máximo 80 cm, ser transparente, com uma faixa amarela e a indicação NBR 8613 e data de validade; 
  • Não utilize o botijão de gás deitado;
  • Feche sempre o registro geral após o uso do fogão;
  • Em lampião e fogareiro, utilize somente a botijão de 2Kg;
  • Em caso de emergência, ligue para o telefone 193 - Corpo de Bombeiros.

Em caso de vazamento sem fogo no botijão:

  • Feche o registro ou retire-o do local.
  • Agir de maneira rápida e consciente nessa situação é muito importante e exige que a pessoa mantenha a calma e não se impressione com o vazamento de gás.
  • O ato de se aproximar do botijão para removê-lo do local ou para fechar o registro não causa risco à saúde; o gás de botijão só é perigoso à saúde quando toma todo o ambiente, expulsando dali o oxigênio, o que pode causar asfixia. Deve-se tomar extremo cuidado para evitar o risco de um incêndio.
  • Desligue a energia elétrica.
  • Abra todas as portas e janelas, principalmente para o exterior da residência.
  • Isole o restante da residência.
  • Retire o botijão para um local isolado e ventilado, evitando arrastar o botijão ou contato com qualquer objeto que possa soltar faísca, podendo causar um incêndio.
  • Abandone o local e chame a assistência técnica gratuita da sua distribuidora.

Em caso de vazamento com fogo no botijão:

  • Se possível feche o registro e retire-o do local.
  • Se as chamas não apagarem, retire-o para um local isolado e ventilado para que o gás queime até acabar.
  • Se não tiver condições de retirá-lo do local, afaste todos os móveis próximos ao botijão e acione os bombeiros.
type='text/javascript'/>