quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Justiça Eleitoral cassa mandato da prefeita de Baraúna e a afasta do cargo

Da Redação / SOS Notícias do RN

A prefeita e o vice de Baraúna, Luciana Oliveira (PMDB) e Edson Barbosa (PV), tiveram liminar negada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para ficarem nos cargos de gestores municipais. Os dois foram cassados três vezes em  primeira e segunda instância pelo ministro Luiz Fux.

Anteriormente, Luciana foi cassada e, através de sua assessoria jurídica, recorreu da decisão, no intuito de derrubar os pedidos de cassação do seu mandato. Entretanto, Fux negou o pedido da prefeita e confirmou o seu afastamento imediato, juntamente com o seu vice.

Após a publicação do acórdão, que acontecerá nos próximos dias pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o atual presidente da Câmara dos vereadores, Tértulo Alves,  será empossado como prefeito interino do município.

Desde o início do ano, Baraúna sofre com a instabilidade política e o 'troca-troca' de prefeitos pela Justiça Eleitoral. A solução apresentada pela mesma, seria a realização de eleições suplementares, que ainda não foram determinadas.

Luciana Oliveira foi a segunda colocada nas eleições de 2012, perdendo para Isoares Martins, que foi afastado em um ano de mandato.
type='text/javascript'/>