quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Servidores da Saúde do RN encerram paralisação após três dias de greve

Mobilização realizada na terça-feira (9) em Natal (Foto: Assessoria / SindSaúde - RN)
Por Fernanda Zauli / G1 RN

Os servidores estaduais da Saúde do Rio Grande do Norte, que estavam em greve desde segunda-feira (8), decidiram suspender a paralisação das atividades nesta quinta-feira (11/09). De acordo com o coordenador geral em exercício do Sindsaúde, Manoel Egídio, a paralisação continua apenas na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), departamento vinculado à Sesap responsável pelo abastecimento e distribuição de medicamentos.

Egídio relatou que a decisão foi tomada em assembleia com o intuito de abrir as negociações com a Secretaria de Saúde, já que até agora não houve nenhuma audiência com o secretário. O coordenador ainda comunicou que durante a paralisação na Unicat, será mantido o percentual de 30% dos trabalhadores no atendimento ao público.

A categoria reivindicava, dentre outras coisas, a suspensão das medidas implantadas pelo governo estadual, após a redução de cerca de R$ 100 milhões das verbas da saúde neste ano. Entre elas, o corte da alimentação de servidores e acompanhantes, a redução do horário de atendimento na Unicat, mudança nas jornadas de trabalho, retirada de todos os plantões eventuais e atraso no 13º salário.
type='text/javascript'/>