sábado, 11 de outubro de 2014

Menina de 4 anos é internada após ser atacada por cães na cidade de Extremoz


Do G1 RN

Uma menina de 4 anos foi internada com várias lesões no corpo após ser atacada por dois cachorros no fim da tarde desta sexta-feira (10/10) em um sítio na cidade de Extremoz, na Grande Natal. Filha do caseiro do sítio, Sayonara Ketile Oliveira de Lima ficou inconsciente após o ataque, mas não corre risco de morte. Foi preciso atirar em um dos animais, da raça rottweiler, para salvar a menina. O cachorro morreu baleado.


O biólogo Douglas Brandão, que é proprietário do sítio, explicou que estava com os cachorros há duas semanas.

"Os primos da milha filha se mudaram de um apartamento para um condomínio fechado e não aceitavam cachorros. Aceitei ficar 15 dias com eles. Os animais eram dóceis, andavam com as crianças. Não sabemos o que aconteceu", afirma. O outro cachorro, um cruzamento de vira-lata com pitbull, será sacrificado pelos antigos donos, segundo o biólogo.
Sayonara foi atacada por dois cachorros no fim da tarde desta sexta em Extremoz (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)
Douglas relata que a mãe da menina deixou os cachorros amarrados, porém os animais conseguiram se soltar. "A menina estava sozinha. Os dois atacaram. Para fazer o rottweiler parar, um policial precisou atirar. O cachorro era adulto e muito pesado", reforça.

Sayonara foi atendida inicialmente em uma Unidade de Pronto-Atendimento e depois foi encaminhada para o Hospital Santa Catarina, na Zona Norte. Por fim, a menina foi internada no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, onde passou por uma cirurgia. "Foram achadas umas 70 perfurações., mas não houve lesão interna. Ela acordou e está bem", informou o biólogo.

type='text/javascript'/>