quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Professor é acusado de tentar asfixiar dois alunos dentro da escola em Apodi

Por Josemário Alves / SOS Notícias do RN

Os pais de duas crianças prestaram queixa na Delegacia de Polícia Civil de Apodi, na tarde desta quarta-feira (08/10), contra um professor da Escola Estadual Alvani de Freitas Dias, o CAIC, na periferia da cidade.

Segundo os agentes de polícia civil, o fato se deu por volta das 16h, quando o professor teria, supostamente, tentado agredir os dois estudantes, de 11 e 12 anos, após as crianças terem o apelidado por um nome no qual o educador não gostou. De acordo com as vítimas, o professor de nome preservado tentou asfixiá-los dentro da escola.

Ao tomar conhecimento do caso, o pai de um dos estudantes tentou invadir o colégio para pôr fim na vida do professor. Em apoio ao pai, alguns populares ainda chegaram a apedrejar a escola com paus, pedras e até frutas verdes.

Em contato com a equipe de reportagem do Portal SOS Notícias do RN e Rádio Vale do Apodi, alguns moradores revelaram que esta versão não é verdadeira. Segundo eles, o professor teria apenas apertado o braço de um deles, na tentativa frustrada de colocá-lo para assistir aula. Neste momento, a criança saiu da sala de aula chorando e alegando a agressão por parte do educador, o que causou toda a confusão.
Imagem mostra grande quantidade de pedras na calçada, arremessadas contra a escola
Para conter os ânimos no local e retirar o professor de dentro da escola, foi necessário o apoio de duas viaturas da Polícia Militar.

Ao saber da queixa prestada na delegacia, o Dr. Renato Oliveira, titular da DP de Apodi, informou que irá intimar o acusado para que o mesmo relate a sua versão, e a polícia possa julgar quem realmente é culpado.
type='text/javascript'/>