sábado, 22 de novembro de 2014

"A gente só quer estudar", diz estudante durante manifestação em Apodi

Por Josemário Alves / SOS Notícias do RN

Em virtude da falta de transportes universitários, os estudantes de ensino técnico e superior de Apodi realizaram na manhã deste sábado (22/11), uma manifestação pacífica no centro comercial da cidade.

Na ocasião, dezenas de universitários expuseram, através de cartazes e palavras de ordem, o sentimento de insatisfação com a problemática do Transformação, programa este que garante aos estudantes o transporte para se deslocar até as cidades de Mossoró e Caraúbas.

Para a estudante do curso de Administração, Caroline Paiva, a manifestação teve como objetivo chamar a atenção do poder público para o problema, no intuito de buscar uma solução com urgência.
“Queremos que a prefeitura olhe pra gente, e veja que nós estamos sendo prejudicado, já são mais de três semanas sem ter em que ir pra faculdade. Nós sabemos que sem estudo, sem escola, não existe futuro. A cidade fica mais burra e menos culta, e nós estamos lutando pelo direito de frequentar a nossa universidade, de querer um futuro melhor pra gente e pra nossa cidade. A gente só quer estudar!”, desabafou Caroline.

A problemática dos transportes universitários de Apodi surgiu após serem realizadas várias denúncias à Polícia Rodoviária Federal sobre a superlotação dos ônibus. Diante das acusações e comprovação da superlotação, a PRF exigiu que os transportes se regularizassem em no máximo cinco dias, induzindo assim, a paralisação por completo.
Através das secretarias municipais de assistências social e de educação, a prefeitura irá realizar um novo cadastro para avaliar a vulnerabilidade socioeconômica dos estudantes e, assim, estipular taxas a serem pagas para complementar o pagamento dos ônibus.
type='text/javascript'/>