terça-feira, 18 de novembro de 2014

Obras do governo “Apodi Terra Querida” são marcadas pelo atraso

Por Josemário Alves / SOS Notícias do RN

O governo “Apodi Terra Querida”, administrado pelo prefeito Flaviano Monteiro (PC do B) iniciou durante o seu primeiro ano de administração diversas obras estruturantes que tem como propósito o desenvolvimento da cidade e de seus moradores. Entretanto, próximo ao fim do seu segundo ano de mandato, o prefeito inaugurou apenas uma de suas obras, deixando as demais em atraso.

Ao todo, são cinco grandes projetos nas áreas da saúde e do esporte, que superam o montante investido de R$ 1,4 milhões, ambos em parceria com o governo federal.

A Unidade Básica de Saúde situada na comunidade de Córrego é uma delas. A obra orçada em mais de R$ 200 mil, tinha previsão de conclusão em novembro de 2013, entretanto após exatos 12 meses, a obra permanece sem inauguração. 

Outra projeto que chama a atenção pela demora na entrega é a quadra de esportes da Escola Municipal Professora Lindaura Silva, no bairro Cohab. O ginásio foi projetado para ser concluído em junho de 2014, mas até o momento, não tem data para inauguração.
Unidade de Básica de Saúde de Santa Rosa foi inaugurada com 11 meses de atraso
Em outubro deste ano, o prefeito Flaviano Monteiro inaugurou o que seria a primeira grande obra do seu governo: uma Unidade Básica de Saúde na comunidade rural de Santa Rosa. Esta obra também tinha previsão de conclusão para novembro do ano passado.

Outros projetos iniciados pela atual gestão governista, como a UBS da comunidade de Melancias e a quadra de esportes da Escola Municipal Veríssimo Gama, no bairro Bico Torto, também estão em atraso e com prazo indefinido para o término das obras.

Procurado pela reportagem do Portal SOS Notícias do RN, Flaviano alegou que o atraso é comum em obras públicas e, quando comparadas com outras realizadas ao longo de toda a história do município, estas estariam sendo realizadas em tempo recorde, mencionando a Unidade Básica já inaugurada.
Unidade Básica de Saúde da comunidade de Arção
Além dessas, desde 2013 a prefeitura de Apodi trabalha para concluir quatro obras estruturantes deixadas pela ex-prefeita Gorete Silveira, sendo elas, a construção de uma Unidade Básica de Saúde na comunidade de Soledade, a ampliação da UBS do sítio Arção, e a construção de duas quadras poliesportivas, nas comunidades de Melancias e Soledade.

De acordo com a assessoria de comunicação, a reforma e ampliação da UBS do Arção e a quadra de esportes de Melancias tiveram o projeto refeito e as obras reiniciadas pela atual gestão. Apesar disso, todas as quatro obras permanecem inconcluidas. Dentre todas, o estado mais crítico é da UBS na comunidade de Soledade, que teve a construção iniciada em 2011 e, atualmente, permanece com as obras abandonadas.
UBS de Soledade foi iniciada em 2011 com prazo para conclusão em 6 meses
A equipe de reportagem do SOS Notícias do RN buscou durante dois meses, dados e informações acerca do percentual concluído de cada obra, contudo, o assessor de acompanhamento da secretaria de obras Klenylson da Silva, informou que não tinha permissão para repassar os dados requeridos.
type='text/javascript'/>