segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Três pessoas são mortas a tiros em Mossoró e Região em menos de 48 horas

Foto: O Câmera
Do Defato.com

Três pessoas foram mortas a tiros em Mossoró e em outros dois municípios da região Oeste do Rio Grande do Norte dentro de um período de menos de 48 horas. Os casos foram registrados entre a madrugada do último domingo (16/11) e a manhã desta segunda-feira (17) na capital do Oeste, em Upanema e na área da Costa Branca.

A primeira da série das três ocorrências resultou na morte de um jovem de 22 anos de idade identificado como Naverton Almeida de Souza. A vítima, que seria natural de Mossoró, foi alvejada com vários disparos de arma de fogo e morreu no local. O crime foi praticado em um estabelecimento à beira-mar da praia do Rosado, em Porto do Mangue.
Naverton Almeida de Souza (Foto: O Câmera)
As informações dão conta de que o jovem já teria sofrido ameaças de morte da pessoa apontada como autor dos tiros que resultaram na morte dele. A motivação do crime ocorrido na madrugada do domingo passado não foi apontada. Cerca de 12 horas depois, o local que serviu de alvo de um assassinato foi uma residência em Mossoró.

Um homem identificado como Carlos Alberto da Silva, de 44 anos de idade, foi morto após ter sido perseguido por uma dupla de moto que teria invadido uma residência onde a vítima teria tentado se refugiar. O crime teria sido praticado por pelo menos seis tiros que atingiram as costas e o pescoço de Carlos Alberto, que já teria passagem no sistema prisional por tráfico de drogas. Com o caso, Mossoró já registraria 167 mortes neste ano.
Carlos Alberto da Silva (Foto: O Câmera)
O outro caso seguido de morte por disparo de arma de fogo aconteceu em Upanema, na manhã desta segunda-feira. Hamilton Barreto Maia Junior, “Junior Bila”, de 29 anos de idade, foi morto durante uma abordagem das polícias Militar e Civil na cidade. Os relatos preliminares dão conta de que ele teria saído de Mossoró para Upanema na madrugada de segunda-feira para matar um PM do município.
Hamilton Barreto Maia Júnior (Foto: Contexto Upanemense)
Por volta das 10h desta segunda, a polícia teria sido acionada para atender uma ocorrência em via pública de Upanema. Os policiais teriam se deparado com Junior Bila, que já teria tido passagem no sistema prisional por tráfico e homicídio. Ele teria tentado tomar uma arma de um policial quando foi baleado e morreu a caminho do hospital local. Equipes do ITEP e da Polícia Civil de Mossoró foram acionadas para atender a ocorrência.
type='text/javascript'/>