domingo, 21 de dezembro de 2014

Mulher sofre abuso sexual, leva tiros no rosto e é largada em estrada no RN

Do G1 RN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte investiga o caso de uma mulher, esposa de um policial militar, que teve o corpo brutalmente violentado na região Oeste do estado. A vítima, que tem 30 anos, levou tiros no rosto e em uma das mãos, teve algumas partes do corpo feridas com estacas de madeira, além de ter sofrido abuso sexual. 

De vestido e sem calcinha, Magali Valéria Cortez Pereira foi encontrada na noite desta última sexta-feira (19/12) jogada na beira de uma estrada de terra entre os município de Patu e Almino Afonso.

“Ela recebeu uma ligação na tarde da sexta-feira e saiu de casa às pressas. Chegou até a deixar uma panela no fogo. À noite, ela foi encontrada e socorrida ao hospital. A mulher está internada em estado grave na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. Realmente é um caso de extrema violência”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, o abuso sexual foi confirmado por peritos do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP). “Ela foi submetida a uma cirurgia para a retirada de uma das balas, que ficou alojada no crânio. Esperamos que sobreviva para que possa contribuir com as investigações. Este crime não ficará impune”, afirmou.
type='text/javascript'/>