quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Choro e tristeza marca sepultamento de professora atropelada em Severiano Melo

Por Josemário Alves / SOS Notícias do RN
Foto: Bruno Leite / SOS Notícias do RN

Sob choro e muita comoção, foi sepultado no final da tarde desta quinta-feira (01/01) na cidade de Severiano Melo, o corpo da professora aposentada Sônia Paiva, de 53 anos, vítima de um atropelamento. Ela morreu na noite de 31 de dezembro de 2014 no Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró (COHM).

Na ocasião, três padres realizaram uma missa de corpo presente. Segundo a vizinha e amiga da professora, Rita Célia, até os padres, em especial o eclesiástico Flávio de Mossoró, se emocionaram durante a celebração.

A aposentada Ilma, informou ao SOS Notícias do RN que em 70 anos nunca havia visto tantas pessoas em uma única missa, confirmando o carinho que a sociedade severianense tinha pela professora.

Sônia Paiva estava internada desde o último dia 20 de dezembro, quando foi atropelada no momento em que se deslocava a pé para uma igreja na zona urbana de Severiano Melo.

Segundo parentes e amigos, a professora sofreu traumatismo craniano e estava em coma induzido na Unidade de Tratamento Intensivo do Centro de Oncologia.

No momento do acidente, o responsável pelo atropelamento evadiu-se do local, mas se apresentou à polícia dias depois, com um advogado.
type='text/javascript'/>