quarta-feira, 11 de março de 2015

TSE confirma cassação de prefeito e vice de Luís Gomes

Da Redação / Foto: Reprodução/Internet. 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, na noite de terça-feira (10), os mandatos do prefeito de Luís Gomes, Francisco Tadeu Nunes (PPS), e a vice Antônia Gomes Abrantes (DEM). Com a decisão da corte superior, ele 
entra para a história do município como o primeiro a ser deposto por crime eleitoral.
município de Luís Gomes, localizado na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte, terá novas eleições municipais. Os dois foram condenados por abuso de poder econômico e captação ilícita de voto durante as eleições de 2012. A defesa dos réus foi feita pelo advogado Felipe Augusto Cortez e a advogado. Já o PSB teve suas cores defendidas pelo advogado Rubens Marins.

Segundo a denúncia feita pelo Partido Social Brasileiro (PSB), Francisco Tadeu lançou mão de nomeações em massa quando exercia o cargo de prefeito da cidade e concorria à reeleição no pleito de 2012.

Condenados pela Zona Eleitoral de Luís Gomes e pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), ele e sua vice recorreram ao TSE alegando, entre outros argumentos, a impossibilidade de se apurar o crime de abuso de poder político por meio de ação de impugnação de mandato eletivo (Aime) e a falta de provas de que as nomeações teriam tido viés eleitoral.
Durante este período o cargo será ocupado interinamente por Francisco Joenilson da Silva, presidente da Câmara, até que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) defina as datas para  a realização da eleição suplementar direta.
type='text/javascript'/>