sábado, 23 de maio de 2015

Professores da UERN aprovam greve a partir de segunda-feira (25)


Em assembleia extraordinária, os professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) aprovaram nesta sexta-feira (22) greve geral da categoria. Com 145 votos favoráveis, 12 abstenções e nenhum voto contrário, a paralisação dos docentes foi definida para a segunda-feira (25).
Na ocasião, os docentes avaliaram a resposta do governo do estado em relação à pauta de reivindicações dos professores, na qual o executivo estadual informa que não concederá reajuste salarial à categoria, o que, segundo a Aduern SSind., quebra o acordo firmado ainda em 2014 e impede o realinhamento salarial de 57,53%, que permitiria a implementação do Plano de Cargos e Salários (PCS) da categoria.

Para os professores, a atitude do Estado desrespeita toda a comunidade acadêmica da Uern
.

Técnicos:
Os técnico-administrativos da Uern também se reuniram em assembleia na manhã desta sexta (22) e definiram pela paralisação de todas as atividades a partir desta data.

Com informações da Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Aduern-SSind).
type='text/javascript'/>