terça-feira, 29 de setembro de 2015

ANA e IGARN apresentam proposta de resolução para uso da água no Vale do Açu

Com o propósito de garantir a oferta de água para consumo humano, a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (IGARN) apresentarão proposta de Resolução Conjunta, estabelecendo regras de restrição e controle da distribuição de água do Rio Piranhas/Açu, no trecho posterior à barragem Armando Ribeiro Gonçalves. 

A apresentação será realizada nesta quarta-feira (30), a partir das 9h, no Auditório da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), em Assú. 

O evento é aberto para todos os usuários do sistema, dentre eles a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), a Termoaçu, o empreendimento de irrigação Del Monte Fresh Produce Brasil Ltda., e os integrantes do Distrito de Irrigação do Baixo Açu (DIBA).

Na proposta, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai adequar as captações de água para abastecimento público localizadas no açude Armando Ribeiro Gonçalves e no Rio Açu, para permitir a operação em níveis d’água inferiores aos existentes atualmente. 

Os municípios de Jucurutu, são Rafael, Itajá, Ipanguaçu, Assú e Afonso Bezerra terão operação semanal permitida durante 12h, das 18h da segunda, quarta e sábado, até 6h de terça, quinta, sábado e domingo; em Carnaubais, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau e Porto do Mangue, os sistemas podem ser operados durante 12h, das 18h de domingo, terça e sexta feira, até às 6h da segunda, quarta e sábado.
type='text/javascript'/>