segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Agricultor tem cabeça estourada com tiro de Doze na Chapada do Apodi

Após cerca de três horas do assassinato do ex-presidiário "Chagas Pedreiro" no Calçadão da Lagoa, homens armados invadiram a residência do agricultor Francisco Menezes Rebouças, de 42 anos, e o executaram com tiro de espingarda calibre Doze.

O tiro, por pouco, não destruiu completamente a cabeça da vítima.

Segundo apurou o portal MOSSORÓ HOJE, os criminosos fugiram em um veículo por uma estrada carroçável com destino a o estado do Ceará.

Esta foi a segunda morte da madrugada e a terceira após a saída do capitão Carvalho, da PM de Apodi.
type='text/javascript'/>