quinta-feira, 14 de abril de 2016

MEC coletará impressão digital dos candidatos para evitar fraudes no Enem

 
 (Foto: Agência Brasil)
 
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) traz uma novidade na edição deste ano de 2016. O Ministério da Educação coletará a impressão digital dos candidatos durante a realização das provas.

O objetivo, segundo o próprio ministro Aloizio Mercadante, é aumentar a segurança evitar o máximo possível a possibilidade de fraudes.

“É uma das fraudes que identificamos, um fazer a prova pelo outro. É fraude zero”, destacou o ministro, alertando que a coleta poderá ocorrer no primeiro ou no segundo dia da aplicação do exame.

O Enem 2016 será acontecerá nos dias 5 e 6 de novembro. Os estudantes poderão se inscrever a partir das 10h da manhã do dia 9 de maio. As inscrições vão até às 23h59 do dia 20 do mesmo mês.

A taxa será de R$ 68, valor maior que os R$ 63 cobrados no último exame.

Uma das novidades deste ano é que o estudante poderá pagar a taxa de inscrição em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Até o ano passado, a inscrição era paga apenas nas agências do Banco do Brasil.

A taxa pode ser quitada até o dia 25 de maio, às 21h59.
type='text/javascript'/>